Sleep Lines – O que São e Como Tratar

Tempo de leitura: 2 minutos

Você já ouviu falar em Sleep Lines?

As sleep lines (rugas do sono ou rugas de dormir) são marcas na pele decorrentes da posição em que dormimos.

Dormir de bruços ou de lado faz com que a pele do rosto fique amassada e essas dobras, com o passar dos anos, vão vincando.

Essas linhas costumam ficar mais evidentes a partir dos 40 anos. Fatores externos, como o sol e o cigarro, podem agravar o problema pois aceleram o envelhecimento e a perda de colágeno.

Dormir de barriga para cima nem sempre é fácil e, muitas vezes, não resolve a questão.

Por não estarem associadas à contração muscular, as sleep lines não podem ser tratadas e prevenidas com o Botox, como as linhas de expressão tradicionais.

Porém, felizmente, existem outras opções de tratamento. Para suavizar as sleep lines, recomendamos a aplicação de ácido hialurônico e procedimentos que estimulam a produção de colágeno.

O que é o Preenchimento com Ácido Hialurônico e como Atua nas Sleep Lines?

O Preenchimento Facial, com ácido hialurônico, é um tratamento muito abrangente.⠀

Foi-se o tempo que esse procedimento era feito apenas para correção de sulcos e linhas (por exemplo, o bigode chinês).⠀

Hoje, com as técnicas avançadas e o conhecimento de anatomia, conseguimos promover sustentação, efeito lifting, projeção, contorno e volumização. No caso das Sleep Lines, atua devolvendo o volume para a região defasada e reduzindo as linhas marcadas.

Quais Procedimentos Estimulam o Colágeno?

O Ulthera é uma das principais tecnologias que estimulam colágeno e pode ser aplicado na face, eliminando sinais como as sleep lines. Ele trata a flacidez leve a moderada e normalmente é feito 1 ou 2 vezes ao ano.

Além disso, procedimentos como os Bioestimuladores de Colágeno também podem ser indicados. Os bioestimuladores de colágeno são ótimos no tratamento da flacidez – leve a moderada – decorrente de variações de peso, gestação ou mesmo fatores genéticos, podendo rejuvenescer diferentes regiões corporais,

Para sua segurança, escolha um médico Dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Facebook Comments Box
Facebook Comments Box